Muitas das empresas enfrentam atualmente alguns dos maiores desafios até à data nos seus percursos de existência.

Seja por diminuição da cota de mercado, seja por causa da estagnação de muitos dos mercados onde atuam, em consequência da pandemia, o que é certo é que os tempos não estão fáceis.

Da mesma forma que para minimizar os efeitos da Covid-19 existem antibióticos e outros medicamentos, para a atual crise também existem remédios que as empresas podem adotar.

Para os sintomas causados pela Covid-19, os remédios podem ir desde o vulgar “ben-u-ron” até medicamentos muito mais fortes como são os antibióticos.


Nas negociações que temos encetado, seja por nossa conta devido à atividade comercial que continuo a exercer, seja por conta de clientes que nos contratam para gerir grandes processos negociais, por vezes parece que estamos na presença de verdadeiros negociadores “Ninja”.

Se não conhece os ninjas, estes eram uma classe guerreira do Japão feudal dedicados a tarefas mais especializadas na guerra, tais como assassinatos, espionagem, recolha de informação, algo como os espiões do mundo moderno.

Provavelmente está com um sorriso e a pensar:

“Mas por que carga de água é que o José de Almeida compara os negociadores atuais aos…


Uma das áreas mais difíceis ou talvez mais simples de endereçar na venda prende-se com a venda por preço.

Estamos a falar de vender produtos, principalmente, mas por vezes também serviços que à partida não têm fatores diferenciadores identificáveis.
Se quer um exemplo, pense nos produtos de marca branca.

Arroz, massas, papel higiénico, guardanapos, ou seja, todos os que habitualmente temos tendência a procurar nos supermercados nas marcas ditas “brancas”.

Embora no domínio pessoal seja útil e vantajoso ir à procura de produtos brancos, quando os nossos clientes o fazem face aos nossos produtos, a situação já muda de figura.


A arte de delegar diferencia muitas vezes os líderes dos seguidores!

A razão para tal suceder prende-se com o facto de muitos de nós termos dificuldade em deixar cair a nossa necessidade de controlo.

A arte de delegar é essencial nas organizações atualmente, que cada vez mais possuem estruturas achatadas.

Para mais eficazmente delegar, tente implementar os seguintes pontos de cada vez que tiver de o fazer:

Encontre a pessoa certa para o projeto

Não atribua o projeto a qualquer um, a não ser que não se importe com o resultado que o mesmo venha a ter. …


Não? Porquê?

Tal e qual como o corpo e a mente, necessitam de alimento, também a atividade comercial necessita regularmente de integrar, novas abordagens e técnicas comerciais.

É urgente parar, analisar o que corre bem, o que corre mal e repensar a forma como estamos sistematicamente a atuar no mercado.

Foi de encontro a estas necessidades que a Ideias & Desafios desenhou o seu Workshop “A Nova Arte de Vender”.

A maioria dos nossos clientes conseguiram aumentos sustentados nas suas vendas, através deste e de outros programas de formação que realizámos.

O feedback dado foi que as novas ferramentas e…


Um dos maiores lapsos que encontramos na gestão das equipas de vendedores hoje em dia é a falta de tempo para “liderar e acompanhar” versus “gerir” a sua equipa.

O que é normal hoje em dia é que o Chefe de Vendas ou Diretor Comercial passe uma quantidade enorme de tempo a resolver problemas ou “preso” com negócios existentes.

O problema desta prática é que deixa pouco tempo para estruturar o crescimento da sua equipa.

A não ser que já tenhamos uma equipa perfeita — o que, sinceramente, se a tem, os meus parabéns — a estruturação é essencial para…


A Negociação Minuto é uma projeto da Ideias e Desafios cujo objetivo é passar conceitos, ferramentas e estratégias de uma forma simples, acessível e divertida nas áreas da Negociação Comercial.
Todas as semanas teremos uma nova estratégia de negociação para si.

Originally published at Ideias e Desafios.


Já pensou nisto a sério?

Vamos então analisar algumas das nossas razões favoritas:

1. Falta de persistência

Muitas vezes falhamos, não porque nos falte o conhecimento ou as ferramentas para levarmos a cabo o nosso projeto, mas antes porque desistimos cedo de mais.

Quando os problemas parecem insustentáveis é normalmente mais simples deixar cair os braços e dizer “é maior que eu”.

Já pensou na persistência que Thomas Edison precisou de ter para criar algumas das suas maiores invenções?

Provavelmente o mundo não seria como o conhecemos hoje em dia, caso essa persistência não tivesse existido.

Os vencedores caem, mas não se deixam abater…

Jose Almeida

Sales and Negotiation, Trainer, Coach and Speaker. Author of several sales articles and books. Made his career in sales and leadership in several companies.

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store